Skip to content

Conferência Estadual de Cultura é um dos temas discutidos no diálogo de encerramento em Serrinha

31 de maio de 2014

No último debate da IV Caravana Cultural, foi lembrada pelos presentes a importância das Conferências Estaduais de Cultura e como suas discussões traduzem-se em ações e melhorias no desenvolvimento cultural da Bahia. “As conferências funcionam; políticas são desenvolvidas a partir dela”, pontua o Secretário de Cultura Albino Rubim, e exemplifica: “Quando elaboramos o Plano Estadual de Cultura, levantamos as reivindicações que foram colocadas na Conferência; o Centro de Culturas Populares e Identitárias também foi criado em 2011 a partir de solicitações expostas na Conferência. Estes são apenas alguns dos exemplos”.

Outro ponto discutido no debate foi a construção de espaços culturais nas cidades do interior. “Nós, enquanto Secretaria, não temos condições de construir Centros de Cultura nos 417 municípios da Bahia. Acredito que o Estado pode ajudar, mas a iniciativa da construção deve ser municipal”. Também foram colocados outros caminhos para o desenvolvimento dos Centros como, por exemplo, a reforma de prédios antigos financiada pelo Fazcultura.

(Fotografia: Ricardo Prado)

Debate de encerramento na cidade de Serrinha (Fotografia: Ricardo Prado)

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: